AUTORES »

Luis Fernando Verissimo

Luis Fernando Verissimo é um dos mais respeitados cronistas brasileiros, autor de best-sellers inesquecíveis, como Comédias da Vida Privada e Clube dos Anjos, da coleção Plenos Pecados. Toda a sua obra – revista e atualizada pelo autor – está sendo reeditada pela Objetiva.

 

Filho de Érico Veríssimo, um dos maiores nomes da literatura nacional, Luis Fernando Verissimo nasceu em Porto Alegre, em 26 de setembro de 1936. Aos 16 anos, foi morar nos EUA, onde aprendeu a tocar saxofone, hábito que cultiva até hoje – tem um grupo, o Jazz 6.  É jornalista, mas “do tempo em que não precisava de diploma para exercer a profissão”. Antes de se dedicar exclusivamente à literatura, trabalhou como revisor no jornal gaúcho Zero Hora, em fins de 1966, e atuou como tradutor, no Rio de Janeiro. Casado há mais de 30 anos com Lúcia Verissimo (“não é a atriz, não é a atriz!”), sua primeira “namorada séria”, tem três filhos: Fernanda, Mariana e Pedro.

Notícias

> Em nome do amor

Vídeos

 Luis Fernando Veríssimo fala sobre gafe que cometeu na Flip

Luis Fernando Veríssimo fala sobre gafe que cometeu na Flip

Verissimo participou da abertura da FLIP e conta da gafe em que chamou o evento de "Clip".




INTERATIVAS »


Últimas interativas »

É possível existir amizade entre homens e mulheres?

É possível existir amizade entre homens e mulheres?

Você acredita numa amizade entre homem e mulher completamente sem conotação sexual?

Invencível - Booktrailer

Invencível - Booktrailer

"Invencível" é o relato da ousadia, persistência e ingenuidade de um homem que se recusou a ser vencido.

 Luis Fernando Veríssimo fala sobre gafe que cometeu na Flip

Luis Fernando Veríssimo fala sobre gafe que cometeu na Flip

Verissimo participou da abertura da FLIP e conta da gafe em que chamou o evento de "Clip".



EDITORA OBJETIVA

Rua Cosme Velho, 103, 22241-090 - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2199-7824 - (21) 3179-5900 - Fax: (21) 2199-7825

NEWSLETTER

Cadastre-se para receber nossa newsletter e participar de promoções exclusivas

reformulação 2011