LIVROS »  Detalhes »

Crianças francesas não fazem manha


Pamela Druckerman

Tradução: Regiane Winarski

Autoajuda, Psicologia e Comportamento e Comportamento

ISBN: 9788539004294

Lançamento: 01/01/2013

Formato: 16 x 23

272 páginas

Preço: R$ 32,90

COMPRAR »

Você encontra este livro nas livrarias abaixo:

Faça o download da capa em alta resolução

Leia um trecho do livro em PDF

Os segredos parisienses para educar os filhos

“Fascinante, envolvente, engraçadíssimo, o livro de Druckerman é um corretivo extremamente necessário ao que nos foi ensinado sobre educação de crianças e sobre as transformações causadas pelos filhos à identidade da mulher. Eu amei. Fiquei com vontade de me mudar para Paris.” — India Knight, The Sunday Times

Exaustão com o choro e a manha das crianças pequenas, falta de tempo para suas próprias necessidades e para um convívio romântico em casal, sofrimento com insegurança, preocupação excessiva, dependência e culpa. Tudo isso faz realmente “parte do pacote” de ter filhos? Pamela Druckerman começou a perceber que, na França, a resposta é um enfático não.

A jornalista americana se muda para Paris logo após se casar. Lá, além das diferenças culturais mais conhecidas, começa a observar que as crianças se comportam de forma muito mais educada do que jamais viu. Estarrecida, ela percebe que os jantares nas casas dos franceses não são eventos caóticos em que crianças interrompem os adultos, brigam com os irmãos ou reclamam dos legumes.

Esse é apenas um dos exemplos que a fazem querer descobrir qual é a mistura de autoridade e relaxamento dos pais que faz com que as crianças francesas sejam tão comportadas, sem ficarem reprimidas ou sem personalidade. Afinal, qual é o segredo para que durmam a noite toda? Para que não tenham ataques de birra em público? Para que sentem-se de maneira educada à mesa e experimentem muito mais do que nuggets e batatas? Para que desenvolvam a autoestima e se tornem articuladas?

Os pais que ela observou em Paris parecem ter encontrado o equilíbrio perfeito entre ouvir os filhos e deixar claro que são os adultos que mandam. Dentro de um limite conhecido como cadre, essas crianças têm total liberdade e autonomia, mas fora dele, quem exerce autoridade são os pais.

Pamela nota que os franceses conseguem balancear admiravelmente suas necessidades e as das crianças, não se acorrentam a um falso conceito de pais perfeitos e, ainda assim, são atentos, carinhosos e criam filhos educados e felizes. A autora empreende uma surpreendente jornada pela cultura francesa e passa a rever alguns conceitos da criação de filhos.

Por anos, ela investiga as respostas a essas e outras questões, além de viver muitas experiências no próprio cotidiano, já que se torna mãe em Paris. O resultado é um relato inteligente, bem-humorado e ao mesmo tempo bem-fundamentado dos segredos dos franceses para ter filhos criativos e educados — e também um manual para os pais não se tornarem escravos de pequenos tiranos.

 

Notícias

> Aprendendo com as crianças francesas

> Educação à francesa

> Famílias francesas são adotadas como modelos

Outros Livros deste Gênero

> Mulheres francesas não dormem sozinhas ( Jamie Cat Callan )

> Delícia receber ( Lenny Niemeyer )

> Homem Que Queria Ser Feliz, O ( Laurent Gounelle )

> Milagres podem mudar a sua vida ( Eric Metaxas )

> O que faz o amor durar? ( John Gottman e Nan Silver )



INTERATIVAS »


Últimas interativas »

Palestra do

Palestra do

Através do conhecimento, William salvou sua família e toda a aldeia da fome.

Booktrailer LIVRE

Booktrailer LIVRE

A autora de LIVRE compartilha as fotos que marcaram sua vida. 

É possível existir amizade entre homens e mulheres?

É possível existir amizade entre homens e mulheres?

Você acredita numa amizade entre homem e mulher completamente sem conotação sexual?



EDITORA OBJETIVA

Rua Cosme Velho, 103, 22241-090 - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2199-7824 - (21) 3179-5900 - Fax: (21) 2199-7825

NEWSLETTER

Cadastre-se para receber nossa newsletter e participar de promoções exclusivas

reformulação 2011