LIVROS »  Detalhes »

A inovação destruidora — Ensaio sobre a lógica das sociedades modernas


Luc Ferry

Tradução: Vera Lúcia dos Reis

Crítica e Ensaios e Negócios e Economia

ISBN: 9788539006779

Lançamento: 01/06/2015

Formato: 13 x 21

Peso: 610 gramas

120 páginas

Preço: R$ 32,90

COMPRAR »

Você encontra este livro nas livrarias abaixo:

Faça o download da capa em alta resolução

Leia um trecho do livro em PDF

Um livro polêmico sobre o poder da inovação escrito por um dos principais nomes do humanismo secular

Ao inventar a prensa móvel, Gutenberg provocou a criação de milhares de empregos ligados a essa tecnologia. No entanto, acabou destruindo a atividade dos copistas. Assim é a inovação: motor do crescimento, transforma o antigo em obsoleto — ou em peça de museu. Para Luc Ferry, no entanto, essa lógica é um paradoxo. Formidável e destruidora, vital e angustiante, ela ao mesmo tempo estimula e paralisa.

Com seu estilo polêmico, o autor disserta sobre o conceito de “destruição criadora” — que ele prefere chamar de “inovação destruidora” — nos âmbitos da política, da economia e das artes.

Outros Livros deste Gênero

> A ignorância custa um mundo ( Gustavo Ioschpe )

> Emoções ocultas e estratégias eleitorais ( Antonio Lavareda )

> O malabarista ( Arnaldo Jabor )

> A abertura para o mundo: 1889-1930 – HISTÓRIA DO BRASIL NAÇÃO – VOL. 3 ( Lilia Moritz Schwarcz )

> Basta de histórias! ( Andrés Oppenheimer )



INTERATIVAS »


Últimas interativas »

Palestra do

Palestra do

Através do conhecimento, William salvou sua família e toda a aldeia da fome.

Trailer de Compramos um zoológico

Trailer de Compramos um zoológico

Do consagrado cineasta Cameron Crowe, uma história incrível e verdadeira 

Martin Seligman fala sobre a psicologia positiva

Martin Seligman fala sobre a psicologia positiva

O que pode a psicologia moderna fazer por nós?



EDITORA OBJETIVA

Praça Floriano, 19 - 30º andar. CEP: 20031-050
Tel: +55 21 3993-7510

NEWSLETTER

Cadastre-se para receber nossa newsletter e participar de promoções exclusivas

reformulação 2011